Formado pela PUCRS no ano de 1971;
OAB/RS 7.032.
Atividades Atuais:
Sócio da Mennet e Mendelski Advogados;
Advogado militante desde 1971.
Experiências Profissionais:
Conselheiro de Subsecção da OAB/RS;
Vice-Prefeito eleito, 1976-82;
Secretário Municipal de Educação;
Secretário Municipal de Administração;
Secretário Municipal da Fazenda;
Assessor Parlamentar no Senado Federal, 1981-82;
Diretor de Planejamento TRENSURB, 1986-1990;
Procurador-Geral Município de Viamão, 1996-2000;
Assessor Jurídico da Câmara Municipal de Viamão;
Diretor Jurídico de Partido Político.

Marco Polo de Castro Mennet

Nascido em 30 de dezembro de 1945, ainda jovem fez suas primeiras relações com o mundo jurídico, prestando serviço em loja de mecanografia e serviço de cópias, oportunidade em que atendia ao Tribunal de Justiça do Estado, Primeiro e Terceiro Cartório de Registro Cível, Cartório de Títulos e Documentos e Arquivo Público, na Capital. Após início da faculdade em 1966, passou a desempenhar o papel de estagiário e office boy do escritório, com função de datilógrafo, além de responsável por retirada de processos em carga e acompanhamento processual, por meio de leitura diária do Diário Oficial do Estado.
Antes de formar-se, foi designado pelo Sindicato Rural para registro de carteiras dos trabalhadores rurais.
Com a inscrição na OAB/RS sob nº 7.032, passou a integrar o escritório como advogado em 1971. Dando ênfase à uma nova fase ao escritório, profissionalizando as relações com clientes e fortalecendo os trabalhos, praticamente refundou a banca. Em 1976, foi eleito Vice-Prefeito de Viamão, ocasião em que os votos atribuídos ao executivo municipal ocorriam separadamente, oportunidade em que Marco Polo fez mais votos que o próprio Prefeito eleito, de mesma chapa. Com isso, candidatou-se para Deputado Estadual em 1980, sagrando-se o mais votado no município à cadeira, por muitos anos, porém, não logrando eleição. Ainda em 1980, com trabalhos em destaque, assumiu na qualidade de Assessor da Liderança de Bancada do antigo MDB no Congresso Nacional, em Brasília. Logo após, 1980/81, recebeu e aceitou convite para servir como Assessor Parlamentar do Senador Pedro Simon.

No período 1986/89, foi designado pelo então Presidente da República como Diretor de Planejamento do Trensurb, considerando a necessidade de alteração da estrutura organizacional da empresa.
Em 1990, passou a semear sólida atividade em Direito Eleitoral e Político que o lançou a postos no Município, assumindo inicialmente como Assessor Jurídico da Câmara de Vereadores por 2 vezes e Diretor-Geral da Câmara de Vereadores por 2 vezes.
De 1994 a 1998, foi Procurador-Geral do Município, além de, entre 1999 e 2010, ter desempenhado as funções de Procurador-Geral e Diretor-Geral da Câmara de Vereadores, por várias oportunidades.
Em 2001 e 2002, foi escolhido para representar a OAB/RS em Lista Sêxtupla para concorrer a vagas do Quinto Constitucional de Desembargador do TJRS. Em 2004, compôs Lista Tríplice da OAB à vaga junto ao Tribunal de Justiça Militar.
Hoje, é o sócio que comanda o escritório rumo aos seus 80 anos, sendo referência nas áreas de Direito das Sucessões e Político/Eleitoral.

mobidickMarco Polo Mennet